sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Educação e seus poréns brasileiros.

Gostaria de começar sugerindo uma pergunta, " Realmente à educação é para TODOS? ". Será que questionar essa afirmação, que é dita por tantos políticos é perigoso? Será que pensar no que é dito e no que é feito pela educação é proibido? Isso me instiga, me deixa curiosa e preocupada com as possíveis conclusões. O que posso esperar de um país que comemora o carnaval como se fosse uma festa santa, o que posso esperar de um país que faz milagres nas obras para a copa das Confederações e para a copa do Mundo, o que posso esperar de um país, que políticos preocupam-se mais com a construção de Aquário do que a construção de novos hospitais públicos. O brasileiro diverte-se priorizando a futilidade e esquecendo o útil, para eles a festa da virada de ano novo, é lindo, é espetacular, é mais um ano chegando. Na verdade, a festa da virada de ano novo, é lindo, é rica, é turística, é desvio de verbas, é hipocrisia, é a confirmação de mais uma ano que se passou e nada foi feito para a melhora na educação pública. Será que é tão difícil de compreender, de enxergar que nosso país,   está se maquiando com o comércio, com o turismo e está escondendo a verdade brasileira atrás dos prédios, de baixo dos viadutos. A educação deveria ser a base de qualquer ser humano, tanto rico, pobre, negro, branco, gordo, magro, feio ou bonito. Falar sobre educação nunca deu audiência não é verdade? É mais preferível, assistir um show de humor, comprar uma playboy, ir ao baile funk, sair pra beber. Diversão é bom, e deve existir, mas o problema é a inversão das prioridades que estão acontecendo nesse país, um país de praia, de serras, de florestas, de cultura, de artes, um país tão belo e vem se tornando tão feio, está ficando pobre, pobre de educação pública, pobre de saúde pública, pobre de segurança pública, por que tudo é público, tudo que do seu direito é tão desvalorizado? Volto a repetir, está acontecendo uma inversão de valores, de prioridades, de ideais, de ética, de moral. Aonde será que vai parar este país, porque ele já esta cansado, está parando e eu não quero morrer em um país que tinha tudo pra ser exemplo, ser guerreiro e morreu sem lutar. Que país é esse. ♫

Nenhum comentário:

Postar um comentário